• es
  • pt-br
  • pt-pt
(+34) 902 207 782

Blog sobre Retenção e Desenvolvimento do Capital Humano

Versatilidade na equipa graças à empregabilidade

O mercado laboral continua a mudar e a empregabilidade transformou-se num dos conceitos mais implantados nas empresas. Para entender o que significa este termo há que referir que se trata do grupo de conhecimentos que ostentam os membros da equipa ou os possíveis candidatos que se propõem a ocupar um determinado posto. Este conceito converte-se num padrão de corte para determinar a valia dos profissionais e saber até que ponto podem ser úteis para as empresas. E é por isso que se encontra entre as principais preocupações das companhias.

Sobretudo porque a qualquer tipo de entidade lhe importa, sobre muitos outros factores, ter uma equipa o melhor formada possível e que saiba render de uma maneira excelente ante qualquer tipo de situação. Para o alcançar, ou pelo menos ter mais confiança nos seus empregados, torna-se importante potenciar a empregabilidade. Isto deriva em ter trabalhadores com maior versatilidade e preparados para um mercado que, na actualidade, já não se estagna, dado que todas as empresas agora se gerem de maneira dinâmica.

Nessa sequência vamos considerar uma série de factores que ajudam a introduzir um maior sentido de empregabilidade entre os colegas de uma equipa. Isto beneficia, assim também, o perfil da empresa. 

versatilidad


Guia: Como ser um bom líder de equipa?

Aposta na formação

Os limites dos membros da equipa estão prontos para ser superados. Uma pessoa que sinta interesse por crescer e se desenvolver, receberá de bom grado que a gestão da empresa lhe dê a oportunidade de se formar em novos conhecimentos afins. Desta forma, pode aumentar-se o nível de recursos dos empregados e preparar-los para serem mais dinâmicos e poderem enfrentar uma maior quantidade de desafios. Isto abre possibilidades de promoção, dado que membros valiosos da equipa podem preparar-se para posições nas quais se requeiram conhecimentos adicionais. Ao mesmo tempo, habilita a opção de que outras pessoas da empresa possam satisfazer as suas preocupações noutros postos, evitando, assim, a rotação que geralmente se produz de forma habitual em todo o tipo de negócios.

A formação é um dos aspectos em que nenhuma empresa pode vacilar, posto que os efeitos positivos derivados dela sempre são benéficos, tanto a curto como a longo prazo. Para os empregados converte-se num valor acrescentado de interesse ao qual podem aceder sem ter que se preocuparem com o seu posto de trabalho actual ou pelo gasto que implicaria este tipo de aprendizagem.

versatilidad

Desenvolva a comunicação

Uma das chaves que se tem em conta para analisar a empregabilidade a partir de qualquer ponto de vista é a forma como cada um dos profissionais comunica. A comunicação tem uma grande importância em qualquer sector e resulta imprescindível para alcançar os melhores resultados de produtividade. Por isso é importante reforçar a maneira e a naturalidade com que os empregados comunicam, a sua fluência e inclusivamente a habilidade de que dispõem para falar em público. Uma boa relação com os colegas de trabalho, saber conectar com eles a um nível profissional e que ajude a criar um sentimento de confiança, é positivo em todos os momentos.

Por outro lado, o ambiente laboral beneficia muito com isso e é uma das características que se têm que reforçar por todos os meios possíveis. Criar um ambiente agradável, no qual empregados de várias categorias e seus chefes desfrutem duma relação sadia e cordial, tem o benefício de permitir que tudo resulte mais natural e agradável, com consequências benéficas para o futuro da empresa.

 

Aplauda o talento pro-activo

Criando um ambiente no qual a empregabilidade seja protagonista do desenvolvimento da empresa, é importante valorizar certos aspectos que falam bem das pessoas que as representam. Uma boa demonstração disso pode-se apreciar entre as pessoas que ostentam um talento pro-activo, ou o que é o mesmo, as que representam a máxima iniciativa nas suas acções e que não duvidam em partir de ideias inovadoras durante o seu dia de trabalho. Isto é algo que se deve potenciar, aplaudir e definir como caminho a seguir, dado que tem a oportunidade de marcar a diferença em momentos determinados. Apoiar o talento pro-activo levará a que se forme um sentimento de motivação maior, e a que os empregados tenham um bom motivo pelo qual se superarem, o que os beneficiará ao desenvolver melhor os seus perfis profissionais.

Cuidando estes factores, alcançar a empregabilidade no contexto da empresa não será algo complicado e acabará resultando muito benéfico não só para o rendimento corporativo, mas também para todos os empregados que se sintam parte da tendência.

 

Post relacionados:



New Call-to-action

Noelia Consultora Asociada en Grupo PyA (www.grupo-pya.com) colaborando en proyectos de consultoría de RRHH, formaciones, gamificación y facilitando talleres EL (Extraordinary Leader), EP (Extraordinary Performer) y ATEL (Advancing the Extraordinary Leader) de Zenger & Folkman en los que tuve la suerte de certificarme en 2015.

No hay comentarios

No hay comentarios todavía.

Dejar un comentario