• es
  • pt-br
  • pt-pt
  • fr-fr
(+34) 902 207 782

Blog sobre Retenção e Desenvolvimento do Capital Humano

Procuram-se líderes mais humanos

lideres más humanos IESE é a Business School da Universidade de Navarra, escola de direção de empresas que tem campus nas principais cidades do Mundo: Madrid, Munique, Barcelona, São Paulo e Nova York. A sua comunidade de antigos alunos conta já com mais de 40.000 directores de 129 nacionalidades que vivem em 116 países distintos, capazes de enfrentar os desafios que apresenta o mundo empresarial actual e liderar as empresas do futuro. No passado mês de outubro reuniram-se um milhar de antigos alunos do IESE, todos eles empresários e diretores, na conhecida e importante cidade bávara de Munique para celebrar a reunião de antigos alunos deste ano, a Global Alumni Reunion 2015 (GAR). O lema da mencionada reunião foi “Expanding Impact: The Power of Excellence in Business”, onde participaram nomes conhecidos como Jaime Caruana, Director Geral do Banco de Pagamentos Internacional (BPI); Janne Haaland Matlary, professora de Política Internacional da Universidade de Oslo; Hans J. Langer, fundador e CEO de EOS; Paul Achleitner, chefe do Conselho de Supervisão de Deutsche Bank AG; e Tony Barber, editor para Europa e editor associado do Financial Times, entre outros.

Guia: Como ser um bom líder de equipa?

 Esta reunião tem carácter anual, e serve para pôr em dia as novas tendências e conceitos empresariais, além de utilizar-se como uma desculpa para o reencontro de antigos alunos promovidos que seguramente servirá para fazer networking.   O director geral do IESE, Jordi Canals comentou que «procuram criar um impacto no campo do management oferecendo um ensino de alta qualidade a executivos de todo o mundo numa escola global, com professores globais e experiências globais». O principal objetivo da Business School da Universidade de Navarra é o de formar líderes em quem se possa confiar. Algo que é totalmente necessário, já que nos últimos meses não paramos de ver e escutar nos media escândalos políticos e empresariais. Por exemplo, um dos mais recentes é o caso do gigante automobilístico Volkswagen e os seus motores manipulados. Estes acontecimentos fazem com que se perca cada vez mais a confiança nas empresas e nos seus líderes. «No IESE cremos que há que aprender com o exemplo», comentou Canals. «Consideramos que as universidades e as escolas de negócio desempenham um papel primordial na luta para restituir a reputação das empresas e defender o sentido do bem comum. O que estamos a tentar promover é uma visão mais ampla: uma liderança que esteja baseada na integridade e nos valores».

liderazgo Um líder sempre deve dar o exemplo, ser fiel aos seus valores e actuar com ética, criando um excelente clima laboral, por isso é de vital importância que tanto universidades como escolas de negócios trabalhem e dêem ênfase a isso na hora de formar os futuros líderes. Novos líderes mais humanos, capazes de servir de inspiração aos seus colaboradores para actuar corretamente e obter grandes resultados. Hoje mais que nunca toda a organização necessita deste tipo de líder, que considera o aspecto humano dos seus empregados, respeitando-os e fomentando o desenvolvimento das suas capacidades. Desta maneira, é muito provável que se obtenham equipas de trabalho motivadas, eficazes e comprometidas com a empresa. Procuram-se líderes cujas palavras mais poderosas sejam: bom dia, obrigado e perdão.

New Call-to-action

Mariano Opere Director de Estudios y RR.HH. en Grupo P&A
Consultor de Dirección, liderazgo y habilidades directivas, con larga experiencia en proyectos de consultoría en empresas internacionales y pymes

No hay comentarios

No hay comentarios todavía.

Dejar un comentario