• es
  • pt-br
  • pt-pt
(+34) 902 207 782

Blog sobre Retenção e Desenvolvimento do Capital Humano

Conflitos laborais: exemplos e soluções para o escritório

Conflictos laborales: ejemplos y soluciones

Passamos em média de 38,5 horas por semana no trabalho de acordo com a última Pesquisa de Condições de Trabalho elaborado pelo Instituto Nacional de Estatística. Quase oito horas de segunda a sexta-feira as vezes são mais do que suficiente para os conflitos aconteçam na empresa.

Como gestores ou gerentes da área não vamos conseguir impedir que surgam pequenas disputas, devemos assumir como algo inerente às relações interpessoais que existem no ambiente de negócios.

Mas a nossa capacidade na gestão de conflitos em equipes vai determinar que as divergências não se tornem problemas sérios ou se estendam pelo escritório. Na verdade, os conflitos laborais são a terceira razão para as demissões em empresas e gerando dois em cada dez demitidos, de acordo com um estudo Trabajando.com portal de emprego.

Mas como lidar com essas pequenas divergências no local de trabalho? Em questão de conflitos de trabalho, há muitos exemplos, mas vamos olhar para alguns dos mais comuns e habituais e também os  mecanismos para conter-los.


Guia: Como ser um bom líder de equipa?

Impuntualidade

O que fazemos com esse trabalhador que chega cinco ou dez minutos atrasado sistematicamente? A aceitação não é uma opção, porque dessa forma somente provocaremos o outro companheiro, diante da impunidade dessa falta, imitar seu comportamento tornar-se antes em um caso isolado  agora em um problema de trabalho real.

Este conflito no trabalho pode ser resolvido através da instalação de sistemas de medição no escritório e a implementação de uma estratégia positiva, como um sistema de bônus de pontualidade, para que os funcionários responsáveissejam recompensados por seu profissionalismo

Mentiras, rumores e comportamentos negativos

Obviamente, a chave para evitar este problema é desenvolver um processo de seleção de pessoal de qualidade, vendo os candidatos que podem afetar negativamente o ambiente de trabalho.

Mas se você já tem um empregado que não parar de reclamar, criticar seus colegas, espalhando rumores ou inventando histórias para justificar a sua falta de produtividade, a nossa melhor chance de vencer a disputa de trabalho é um encontro com a pessoa em questão, exercendo liderança motivacional que faz com que uma mudança de atitude e, portanto, melhorar o clima no trabalho

Um problema de ruido

Quando os funcionários não têm o seu próprio escritório e trabalham lado a lado na mesma sala, o volume de um rádio, fala estridentes entre pares ou conversas telefónicas com um tom de voz excessivamente alta pode perturbar os demais membros presentes, gerando desconcentração, falta produtividade e estado de tensão na equipe.

Estas consequências no desempenho do trabalho pode ser evitado através da elaboração de um código de conduta no escritório, um compêndio de regras que regem a convivência no escritório, usando fones de ouvido para ouvir música,  conversaças nas áreas comuns ou definir um lugar para reuniões.

Divulgar essas diretrizes comportamento cívico é importante se quisermos que os funcionários estejam ciente delas e também usar  mais lembretes, pendurar cartazes em locais visíveis com as práticas mais comuns.

Quando o dia de trabalho é gasto na rede

Hoje, não devemos proibir o uso de internet e redes sociais, uma vez que eles se tornaram uma ferramenta de interação e busca de informações fundamentais.

Agora, se os funcionários passam o tempo conversando e publicando tweets ou post e navegando em páginas que nada têm a ver com o seu trabalho, devemos intervir.

Como? Definindo metas e implementando uma avaliação de desempenho para determinar o alcance das metas de cada posição nos permitirá saber se o trabalhador está gastando suas horas de trabalho corretamente.

New Call-to-action

Luis Lopez Consultor en Desarrollo y Mejora Organizacional, Coach y Formador con más de 15 años de experiencia internacional llevando a cabo proyectos para crear sinergias.

No hay comentarios

No hay comentarios todavía.

Dejar un comentario